sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Eles agem por maldade ou instinto?



Vemos certas imagens, como ataque de animais a outros animais, e nossa primeira impressão é: “Nossa, que imagem cruel”. Fica claro, que não conseguimos estabelecer uma relação desses acontecimentos, com o que nós humanos promovemos em escala industrial em todo globo terrestre.

Chocamo-nos, ficamos mal, e muitas vezes evitamos ver cenas de animais em guerras sangrentas nas suas labutas diárias pela sobrevivência. Sim, o ser humano vive coletivamente em uma caixinha, limitado, apenas recebendo estímulos midiáticos, a favor de alguém ou alguma corporação. Somos reféns de sentimentos alheios, a qual, abraçamos como se fossem nossos.  



O sistema ele funciona da seguinte forma: ele cria condições favoráveis a uma minoria, onde a outra parte, ou seja , a grande maioria é escravizada fisicamente e psicologicamente.  Assim, aceitando absurdos que fazemos diariamente, e condenando, o que é de ordem natural, por se tratar nesse caso de animais irracionais.

A cadeia alimentar existe, é um fato. Entretanto, o ser humano, vem possuir os maiores atributos, digamos que, características que elevam seu grau de evolução, colocando-o no topo dentre as espécies terrenas.  Possuímos consciência, raciocínio lógico, compreensão e entendimento, o que difere dentre todas as espécies existentes, porém, nos comportamos como os mesmos.  Julgamos facilmente um Tubarão branco, pela sua aparência, seu tamanho e seus ataques que são pouquíssimos se comparado aos ataques humanos.  Julgamos Crocodilos, Piranhas, Cobras, etc. 




 O ser humano não consegue enxergar a ele mesmo, o que faz, o que promove, e o que consome, quando o assunto é vidas e mortes.  Nenhum programa de televisão que nos mostra a crueldade pela sobrevivência na savana africana, no Mar Mediterrâneo  e seus cardumes de Tubarões Brancos, irá mostrar à crueldade humana nos matadouros de bois, de frangos, de porcos, e todo tipo de vida que consumimos como alimentos, como vestuário e diversão.

Não existe uma verdade, o que existe é uma farsa, a qual, somos introduzidos através de um fluxo poderosíssimo, que começa no parto e se arrasta até a velhice. Se caso não despertar, e se certificar que está sendo usado e controlado por um sistema monetário, onde para esse, você é apenas um número, será tragado por toda sua existência, sem ao menos perceber que possui uma. Começa assim sua injusta e cega existência, seguindo o montante irracional, como um vírus letal que consome tudo e todos que vê pela frente, inclusive a eles mesmos.




Animais irracionais agem por instinto, e o ser humano, animal racional, é induzido grotescamente a agir de forma básica, não por capacidade e sim por indução. Saia do efeito manada adquira sua individualidade e de prosseguimento ao seu processo evolutivo, esse é nosso objetivo nesse planeta de vidas e mortes chamada Terra. 

Por Jota Caballero





Nenhum comentário:

Postar um comentário