quarta-feira, 21 de maio de 2014

Pedra que não rola, não cria limo. Ops, e quem disse que quero criar limo?



Quem nunca ouviu falar nessa frase, porém hoje refletindo sobre tal, cheguei a seguinte conclusão: Não quero criar mais limo nenhum, pelo contrário, nem pedra gostaria de ser. Resumindo, o ser humano chega em uma fase que quer se desprender de tudo, de todos os conceitos que o denominou " humano". Sei que poucos concordarão com esse posicionamento, mas sei que terá alguém que irá concordar, pois esse, quem sabe vibra na mesma sintonia que hoje meus pensamentos e de milhares fluem.

Se usa essa velha frase para justificar quando na vida você pula de galho em galho, seja no trabalho, nos relacionamentos e na vida em geral. Só que hoje essa frase já ficou obsoleta para quem pensa em outra esfera de pensamento, e quem vislumbra algo mais verdadeiro, e quem transcende o limite da própria razão. Sabemos que a pureza está nos cristais, nas águas límpidas e no céu azul, e pergunto: Porque criar limo?

Jota Caballero

2 comentários:

  1. "Pedra que muito rola, ñ cria limo!"
    Essa frase sempre foi usada pra me ferir, ferir minha essência e cultivei um sentimento de culpa, onde de repente lendo seu texto ele me deu um novo horizonte, ou melhor, me fez olhar para algo que sempre acreditei e vivo mesmo ñ me entendendo e me culpando...busca é a palavra...vivo a buscar algo...e esta busca conta minha história me faz ser quem sou...obrigada porque agora me sinto com um cristal..rsrs

    ResponderExcluir
  2. Muito bem irmão, quando a gente tem uma visão holística das coisas desse mundo, tudo fica diferente. E desse mundo " humano" me sinto cada vez mais distante.

    ResponderExcluir