sexta-feira, 20 de dezembro de 2013


Para refletir...

Outro dia aqui no quintal de casa me deparei com uma ratazana, como não é de comum me espantei, e logo em seguida me deu uma pequena e involuntária repugna. Ops, pensei comigo: Que merda de sensação é essa! É um ser vivo, vítima como qualquer outro animal, tem seus espaços invadidos pelo homem , e são brutalmente mortos, só pelo simples fato de ser uma rato, o por que dessa sensação? O por que condena-lo a morte? Eu , jamais! Pessoas comuns, me responderiam o seguinte:- Esses, animais dão doença... a leptospirose mata... deixa de ser burro esse bicho tem doença, e vai matar seus cães...etc.

É pessoal, a vida é super complexa, realmente a leptospirose mata, etc. Porém não sou um ser normal, me diferencio pelo simples enxergar as coisas como são e não como querem que eu veja. Essa pequena repugna que senti e logo me livrei, é algo que trouxe através de toda aprendizagem, lá de trás... esses falsos valores, que também deram falsos valores a vida a minha volta ... fui vítima também da influência familiar, da cultura, da religião... mas consegui me livrar basicamente disso tudo , não por completo mas resisto.
Onde quero chegar, vamos lá: As vezes somos vítimas das circunstancias, do que dá própria vontade, muita s vezes adquirimos traumas que nos impregnaram lá atrás... mas que na verdade são ilusões que imprimiram em você... Se você quiser ser você mesmo, terá que apagar tudo aquilo que te fez um ser não pensante, e passar a pensar , observar, e por fim ser...ter autonomia sobre suas ações e seus atos...Veja a vida como ela é , seus valores e a vida alheia, essa é uma vida e não precisa se dizer mais nada.


O rato? O máximo que fiz foi enxotar ele, o direcionando para um bueiro na rua, não tinha o que fazer...Você está incomodado? Paciência, eu apenas me respeito, fui justo com uma vida e comigo mesmo... Se vai se proliferar, o problema não é meu, é de toda a raça humana que sempre invadiu, adulterou e causou colapso em toda cadeia, ou melhor em todo bioma existente... Parabéns seres humanos, nós somos escórias, justificamos nossos erros, sempre errando mais, pra mim chega...só respondo por mim...

A foto abaixo não é minha, mas tem meu respeito, aquilo que todos menosprezam é uma vida!






                                Por Jota Caballero

2 comentários:

  1. Toda vida é um dom supremo, e o ratinho ñ traria doenças se ñ fosse o próprio homem a escolher um modelo de sociedade, onde se destrói a natureza, se joga seus dejetos nas águas dos rios e depois trata essa mesma água para beber...erro terrível que gerações futuras rirão chorando de tanta ignorância, mas o ser humano é um ser em constante evolução e ainda estamos longe em sermos todos seres supremos, o Ser Supremo que passou por aqui nos ensinando a lei do amor, o assassinamos por amar.

    ResponderExcluir
  2. Jota, talvez vc. já deve ter visto ou ouvido falar em um Templo onde os ratos são sagrados, em Karni Mata, na Índia!...pois então, este templo é a residência oficial de mais de 20 mil ratos, e precisas ver o jeito como são tratados. Muitos deles recebem alimentos diretamente na boca, e ainda compartilham com os humanos. Vi um homem dando uma banana para um enorme rato comer e, em seguida, o homem comeu da mesma banana!. O inacreditável: segundo os indianos, os ratos que lá vivem não transmitem doenças. Dá pra acreditar?, incrível né?.

    ResponderExcluir